terça-feira, 25 de dezembro de 2012

E A DAMA DO BLOG ONDE ESTAVA NO NATAL?

A pergunta título me foi feita ou cobrada. Onde está ela nestes importantes dias festivos? Desta forma vamos ver onde ela estava. Olha ela aí embaixo iniciando os preparativos da CEIA DE NATAL!
 
 
E ainda vemos mais um pouco dela com familiares:
 
 

segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

UMA VISITA DE SURPRESA NATALINA

Depois de desejar AQUELA FESTA SEM FIM, POIS É NATAL SEMPRE P'RA VOCÊ E P'RA MIM, quero registrar a presença de uma visita rara do Sr. CARLOS PACHECO MOREIRA DA ROCHA, que foi um verdadeiro PRESENTE DE NATAL!
 
 

sábado, 22 de dezembro de 2012

NADA ACABOU, ESTAMOS TODOS RECOMEÇANDO

Aproveite as sujestões infundadas para dar um passo à frente em sua vida pessoal, profissional e espiritual. Vamos comemorar O NASCIMENTO DE JESUS com uma esperança nova, sem considerar idade, religião e situação social. Ampare-se, como sempre digo no AMOR, na FÉ em DEUS e nos seus bons princípios.
Emolduramos este desejo com as figuras abaixo e o destaque da PERSONALIDADE DO ANO de 2.012, com um comentário a seu respeito. BOAS FESTAS E PROSPERIDADE PLENA, espiritual, física e material para 2.013!
 
 

 A PESONALIDADE DO ANO, não poderia se outro alem do Exmo. Sr. Dr. Joaquim Barbosa que muitos estão chamando de "Senhor Justiça". Até na sua última decisão do ano merece apaluso, como mencionou o colunista da Folha de São Paulo, Igor Gielow. Foi uma decisão técnica, mas com caráter político. Pois, se calou aqueles que suspeitavam de seu "ativismo", o suspense sobre o que faria deu um "calor" nos condenados e seus advogados. Como tudo na vida, há um ônus mesmo em mais um ato correto deste personagem do ano. É o fato de que os condenados ganharam talves dois meses ou um pouco mais para eventualmente planejar uma fuga. Claro que seus advogados vão negar tal possibilidade já que o próprio Barbosa se diz convencido de que a retenção de passaportes seja medida suficiente. Só que não é. Com dinheiro e contatos, algo que não falta a boa parte dos condenados, qualquer um consegue documentos falsos e se aproveita da porosidade de nossas fronteiras no Sul e na região amazônica para este intento. E para os ideologicamente motivados do bando, a Venezuela chavista, o Equador e o museu dos Castro em Cuba estão logo ali. Como disse um figurão petista em uma festa de fim de ano esta semana: "Não sei por que eles não vão embora logo". Esta possibilidade apavora a Polícia Federal, que ficaria com a conta política de uma fuga. Como não foi incumbida pelo Supremo para, diz aquele jornalista, ter um agente colcado em cada condenado, resta à PF confiar no monitoramento de seus serviços de inteligência. E se isto falhar que não é difícil?  

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

A RELIGIÃO QUE MAIS CRESCE NO BRASIL DE HOJE

Abindo um parêntese nas CRÔNICAS DE NATAL e demais mensagens de FÉ e AMOR À DEUS que junto com BONS PRINCÍPIOS é o mais importante para nós, independente de doutrina e ritos RELIGIOSOS, vamos aproveitar uma matéria cujos créditos vamos mencionar ao final para exclarecer o que está acontecendo neste importante campo social em nosso país.
Quem são os protestantes - ou evangélicos que para nós é um termo desgastado pela indevida abrangência que tem tido - brasileiros?
A sua maioria - de 60 a 70% - é pentecostal. O termo se refere à descida do Espírito Santo na passagem denominada de o Pentecoste na Bíblia, quando os discípulos de Jesus receberam RENOVAÇÃO de poderes. Isto significa em nossos dias sair um pouco do tradicionalismo do protestantismo de Martinho Lutero em favor de um desenvolvimento espiritual mais carismático.
Convenciounou-se classificar os pentescostais em três grupos:
1) Os primeiros ou pioneiros que surgiram na primeira metade do século XX - como Assembléia de Deus e Congregacional ou Congregação Cristã do Brasil;
2) Os que surgiram nas décadas de 1950/60 - que considero como pentecostais equilibrados - como Deus é Amor, Brasil para Cristo e Igreja Missionária Evangélica Maranata;
3) Os que surgiram nas décadas de 1970/80 - que considero como pentescostais modernos ou neopentescotais, tendendo ao desiquilíbrio - como a Igreja Universal do Reino de Deus, a Igreja Internacional da Graça de Deus e a Igreja Mundial do Poder de Deus.
O termo neopentecostal, apesar de consagrado, dá margem a certas confusões. Nem todas as centenas de novas denominações pentecostais que surgem são neopentecostais. O termo "neo" se refere à forma de ser pentecostal ao extremo tendendo ao desiquilíbrio conforme mencionamos, e não ao tempo em que surgiu a Igreja apesar deste ser um dos referenciais mais genéricos.
Este crescimento de centenas ou mais de Igrejas Protestantes Neopentecostais deve-se ao fato da nação brasileira caminhar para uma modernidade globalizada e consumista, na qual a RELIGIOSIDADE das soluções mágicas e imediatas encontrou larga aceitação. Como resultado disto, a religião que MAIS CRESCE NO BRASIL HOJE é aquela que resolve os problemas individuais e distribui benefícios simbólicos ou psicológicos imediatos ou celestiais, mas que tem pouco a dizer à sociedade. Seus efeitos políticos ainda são, em sua maioria, eleitoreiros e corporativistas. As atividades sociais que ela promove não obtêm impacto significativo na coletividade. Ela compõe a paisagem, mas não interage com profundidade nem chega a imprimir uma nova mentalidade ou transformação tão necessária ao progresso espiritual.
Esta é a forma com que vejo e proclamo desde o início deste Blog a respeito do meu desgosto pela RELIGIOSIDADE, já tendo chegado ao ponto de considerá-la o MAL DESTE SÉCULO. 
A maior parte desta crônica em que não menciono como sendo minha opinião, pertence a um colega nordestino autor do livro 'Protestantismo, Democracia e Violência, Prof. ORIVALDO PIMENTEL LOPES JUNIOR, com quem comungo minhas idéias e análises.       

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

CRÔNICAS DE NATAL

Logo após o nascimento deste Blog, em 26 de setembro de 2.009, postamos TEXTOS ATUAIS - CRÔNICAS INÉDITAS (por aqui) e um SEGUIDOR pediu por duas vezes para postar novos textos/crônicas e prometemos atender. Escrevemos de lá para cá muitas crônicas no Blog mas não nos referimos a este atendimento ao que foi requerido. Aproveitamos a motivação destes dias antecedentes ao NATAL, para pagar esta "dívida" em dose dupla de CRÔNICAS DE NATAL, como fiz naquela oportunidade:

1 - A ESTELINHA VERDE
 

Existem bilhões de estrelas no céu. Estrelas de todas as cores: brancas, prateadas, verdes, douradas, vermelhas e azuis, de vários tons e muito brilho.
Um dia, elas procuraram o emissário de Deus e lhe disseram:
- Senhor, gostaríamos de viver um bom tempo na Terra entre os homens.
- Após a devida consulta, o anjo garantiu: assim será feito e Deus mandou conservar todas vocês pequeninas como são vistas e podem descer para a Terra.
Conta-se que, naquela noite, houve uma linda chuva de estrelas. Algumas se aninharam nas torres das igrejas, outras foram brincar de correr com os vaga-lumes nos campos outras misturaram-se aos brinquedos das crianças e a terra ficou maravilhosamente iluminada.
 

Porém, passando o tempo, as estrelas resolveram abandonar os homens e voltar para o céu, deixando a Terra escura e triste.
Por que voltaram? Perguntou o anjo emissário de Deus, a medida que elas chegavam ao céu, e acrescentou: entenderam que o lugar de vocês é aqui no céu ?
É verdade, responderam, a Terra é um lugar do transitório, daquilo que passa, daquele que cai, daquele que erra, daquele que morre, nada é perfeito lá. O céu é o lugar da perfeição, do imutável, do eterno, onde nada perece.
Depois que chegaram todas as estrelas e conferindo o seu número, o anjo responsável falou de novo:
Mas está faltando uma estrela. Perdeu-se no caminho? Outro anjo que estava perto retrucou:
Não foi isto, uma estrela resolveu ficar entre os homens. Ela descobriu que seu lugar é exatamente onde existe a imperfeição, onde há limite, onde as coisas não vão bem, onde há luta e dor.
Mas que estrela é essa perguntou o emissário de Deus?
É a Esperança. A estrela verde. A única estrela dessa cor que restou pois as demais o Filho Amado de Deus as deixou com os homens, quando por lá esteve. E quando olharam para a Terra, a estrela não estava só.
A Terra estava novamente iluminada porque havia uma estrela verde renovada no coração de cada pessoa. Porque o único sentimento que o homem tem e Deus não tem é a Esperança, pois Deus já conhece o futuro, e a Esperança é própria da pessoa humana, própria daquele que erra, daquele que não é perfeito, daquele que, a respeito do por vir, só pode mesmo ter muita FÉ e ESPERANÇA.

Mantenha ESTA ESTRELINHA EM SEU CORAÇÃO, A ESPERANÇA, A SUA ESTRELA VERDE, NÃO DEIXE QUE ELA FUJA, E NEM SE APAGUE. TENHA CERTEZA QUE ELA ILUMINARÁ O SEU CAMINHO, como fez com os Reis Magos para levá-los também ao NASCIMENTO DE JESUS que o mundo todo se lembra mais nestes dias, na ESPERANÇA de que o melhor ainda está por vir...


2 - AS ÁRVORES QUE SONHAVAM

Havia, no alto de uma montanha, três pequenas árvores que sonhavam o que queriam ser depois de grandes.
A primeira, olhando as estrelas, disse: "Eu quero ser o baú mais precioso do mundo, cheio de tesouros, e para este propósito me disponho a ser cortada".
A Segunda olhou para o riacho e suspirou: "Eu quero ser um grande navio, para transportar reis e rainhas".
A terceira árvore olhou o vale e disse: "Quero ficar aqui no alto e crescer tanto que as  pessoas ao olharem para mim, levantem seus olhos e pensem em Deus".
Anos passaram e, certo dia, três lenhadores, nada ecológicos, vieram e cortaram as três árvores, ansiosas por serem transformadas naquilo que sonhavam. Mas lenhadores não costumam ouvir nem entender sonhos, muito menos de árvores... Que pena!
A primeira árvore acabou sendo transformadas num cocho coberto de feno para os animais.
A Segunda virou um simples e pequeno barco de pesca, carregando gente e peixes todos os dias.
E a terceira mesmo sonhando ficar no alto da montanha, acabou em grossas vigas e  colocada de lado num depósito.
E as três se perguntavam desiludidas e tristes: "Por que isto ?"
Numa certa noite, cheia de luz e de estrelas, uma jovem mulher (Maria) colocou seu bebê (Jesus) recém-nascido naquele cocho de animais e, de repente a primeira árvore percebeu que continha o maior tesouro do mundo e estava realizado o seu sonho.
A Segunda árvore anos mais tarde, fez parte do transporte de um homem, que acabou dormindo no barco. Quando a tempestade quase afundou o nosso pequeno barco, este Homem (Jesus) levantou-se e repreendeu a tormenta ordenando a quietude das águas. E, num relance, a segunda árvore entendeu que estava carregando o Rei do céu e da terra e lembrou-se do seu sonho.
Tempos mais tarde numa Sexta-feira a terceira árvore espantou-se quando suas vigas foram unidas em forma de cruz e Jesus foi pregado nela. Sentiu-se horrível e cruel. No domingo seguinte o mundo vibrou de alegria e a terceira árvore entendeu que nela havia sido pregado um homem para a salvação da humanidade e que as pessoas sempre se lembrariam de Deus e de seu filho Jesus Cristo ao olharem para ela.
As árvores tinham tido sonhos... Mas a sua realização fora mil vezes melhor e mais sábia do que haviam imaginado. Quem sabe nós podemos comparar esta estória com as desilusões precipitadas que temos basicamente por não perceber o que Deus tem para nós. Salomão em Provérbios 14.8 nos diz que a grande “sabedoria do prudente é entender o seu próprio caminho”. Ainda temos que saber esperar porque também a palavra de Deus nos diz que "tudo pode cooperar para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o Seu propósito". E a vontade Dele nos surpreende sempre pela nossa pequena percepção da complexidade de Seus planos e a nossa grande ignorância a respeito do que é melhor para nós.





domingo, 9 de dezembro de 2012

NO DIA DA BÍBLIA A SUA VISÃO COMO OBRA DE ENGENHARIA

   
Pensando na comemoração deste domingo, dia nove de dezembro, queremos comparar ou visualizar A BÍBLIA como uma obra de engenharia, um templo ou palácio majestoso que tem sido edificado durante mais de 2.000 anos. Seu Arquiteto e Criador é Deus. Em toda a estrutura do edifício teremos a impressão de descortinar a Mão que realizou a obra magnífica da criação do Universo. O templo tem sessenta e seis blocos ou prédios de grandezas desiguais. Logo à sua entrada temos acesso ao palácio por um jardim – o Éden e sua Árvore da Vida – que faz parte do primeiro bloco edificado que é o mais antigo e venerável. É o livro do Gênesis que junto com outros quatro prédios compõem a parte de Moisés no templo divino, onde se descreve a formação do mundo e os primeiros relacionamentos do Arquiteto Criador com suas criaturas.
Depois de ter percorrido os principais locais daqueles prédios sob a responsabilidade do "mestre de obras" Moisés, chegamos a uma série de dependências: os anais históricos da lei e da justiça, os arquivos da Igreja pelo espaço de mil anos, desde Josué a Éster. Em seguida entramos no pátio dos exercícios, onde se requer provações e muita resistência, que é o livro de . Passamos às salas da orquestra onde se reúnem os cantores da casa, munidos de violinos e harpas: os Salmos. Mui perto se encontra a câmara de comércio e ética: o livro dos Provérbios e ao lado uma pequena, mas importante seção: a filosofia para nossa meditação que nos deixou o sábio Salomão, o livro de Eclesiastes. Depois disto, vem uma simpática saleta onde todo o desabafo é bem vindo, pois ali os aflitos se agrupam, é o livro das Lamentações. Na próxima parte do edifício há formosos arranjos de flores orientais, emoldurando um grande amor que Salomão resolveu acrescentar à obra sagrada que é o Cântico dos Cânticos. Chegamos, então, a dezesseis aposentos de um particular esplendor. Ao percorre-los ficamos impressionados pela paisagem descortinada de suas varandas de diversos tamanhos, de onde temos uma visão antecipada das outras partes do Monumento: são as moradas da profecia.
Agora, entramos na parte mais recente da mansão e passamos por quatro câmaras do mais precioso mármore. Se repararmos nas paredes ficaremos maravilhados com os quatro retratos, em tamanho natural, do Senhor do Palácio, Jesus Cristo. Seus retratos, por mais que pareçam semelhantes, possuem cada um deles uma influência diferente pela qual o Espírito Santo inspirou seus autores ou construtores: são os Evangelhos. Ao deixa-los com muito custo, escutaremos sons extraordinários, como se fossem duma máquina em movimento – rodas, correias e tudo o mais em plena atividade. Procuramos a origem de tanta energia, mas não está visível, vem do Alto. Estamos nas oficinas do Palácio: o livro de Atos. Partindo dali, chegamos a uma série de anexos muito ricos, em número de vinte e um, dos quais não menos de quatorze têm à porta o nome do Apóstolo Paulo. São os gabinetes particulares da correspondência apostólica, nos quais o Senhor acumulou alguns dos mais ricos tesouros da sua casa.
Agora, por fim, nos encontramos na extremidade de saída do edifício e entramos numa galeria misteriosa iluminada por clarões extraordinários alternados com sombras estranhas e singulares visões, que se apresentam aos nossos olhos. Estamos na misteriosa galeria do Apocalipse. Ali nós vemos o futuro da Igreja de Cristo na terra, até que o Esposo venha. Saindo da varanda e olhando em volta, vemos um prado viçoso, com o rio puro da água da vida. Na margem, aquela mesma Árvore da Vida que foi destacada na entrada, e mais por cima de nós, coroando as colinas eternas, está uma cidade de ouro, banhada de luz resplandecente de glória, a nova Jerusalém, cujos fundamentos são as pedrarias, os muros de jaspe e as portas de pérolas, e que não tem necessidade de sol nem de lua, porque a glória do Senhor a ilumina eternamente.
 

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

TERMINAMOS POR AQUI COM CHAVE DE OURO NOSSO ROTEIRO DE VIAGENS DA LISTA DE E-MAILS

Decidimos terminar nosso ROTEIRO DE VIAGENS que durante todo este ano compartilhamos com os amigos, parentes, colegas e irmãos, desta vez por intermédio deste Blog, postando o vídeo de uma viagem que não poderia faltar relativa ao país mais rico do mundo que tantos brasileiro já visitaram, EUA, mas não  desta forma voando sobre as suas metrópoles, sobre o campo, montanhas ("Cânions"), mares, rios, cascatas, paisagens que lembram o faroeste e tudo mais. Termina com uma pequena QUEIMA DE FOGOS começando a saudar 2013. Vale a pena conferir, até quem não acompanhou as outras bonitas viagens pois se trata de um show para ser visto em tela inteira:
 
video
 
 

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

A PRÓXIMA DOUTORA DA CASA VITORIOSA

Registramos na primeira foto a Doutora Médica Veterinária Jaqueline com os Professores Alfredo, Fedullo e Jorge da sua Banca Examinadora do Trabalho de Conclusão de Curso. Em baixo a nova Doutora da casa com a banca e colegas que também defenderam seus trabalhos naquele dia. PARABÉNS !!!