sexta-feira, 28 de março de 2014

A FACILIDADE EM DESCOBRIR O CAMINHO DA CORRUPÇÃO BRASILEIRA


Citando uma frase bem bolada que consta das nossas frases à direita do Blog que diz: O BRASIL, “FRAUDE” EXPLICA! Vejam mais uma que saiu de baixo do tapete e está sendo o assunto do dia:

 

QUINTA-FEIRA, 20 DE MARÇO DE 2014


https://lh4.googleusercontent.com/-ZI-x_HDdmYA/TXqrTr-jDsI/AAAAAAAAAus/s73ZLu36KVU/s400/leilao+2.jpg

Este senhor aí da foto é Albert Frère, um megaempresário belga. Ele era o dono da refinaria Pasadena, por meio da Astra Transcor Energy, que foi comprada por U$ 42 milhões como sucata e vendida por U$ 1,12 bilhão para a Petrobras. Ele comprou esta refinaria em 2005 e vendeu 50% para a Petrobras em 2006, já por mais de U$ 300 milhões. 

Este senhor possui 8% das ações da GDF Suez Global LNG, ocupando a cadeira de vice-presidente mundial nesta mega organização, maior produtora privada de energia do planeta. A GDF Suez possui negócios com a Petrobras no Recôncavo Baiano, mas seu principal negócio no Brasil é a Tractebel Energia, dona de um faturamento de quase R$ 6 bilhões anuais. É dona de Estreito, Jirau, Machadinho, Itá e dezenas de hidrelétricas, termelétricas, eólicas.  

A Tractebel, que é da GDF Suez, que tem como um dos principais acionistas o senhor Albert Frère, que é um dos donos da Astra Transcor Energy, que passou a perna no Brasil em U$ 1,12 bilhão, foi uma grande doadora da campanha de reeleição de Lula, em 2006. A doação de R$ 300 mil chegou a ser contestada na sua legalidade. Já em 2010, para a eleição de Dilma, a Tractebel doou quase R$ 900 mil.
O dinheiro que ajudou a reeleger Lula e eleger Dilma veio, assim, mesmo que indiretamente, da Petrobras. Daquela bolada que ela pagou, inexplicavelmente, pela Refinaria Pasadena. Como é pequeno este mundo da corrupção. 

sábado, 15 de março de 2014

A LIÇÃO DE RUI BARBOSA QUE ESTÁ CADA VEZ MAIS ATUAL


 Vejam meus leitores e seguidores,  como o DISCURSO DO SENADOR RUI BARBOSA do início dos anos 90 parece mensagem para os nossos dias, como para o STF, para os políticos desonestos, para a impunidade, para o comando do tráfico com a insegurança pública total, enfim, para as manobras eleitoreiras do PT para se manter a todo custo sempre no poder... 
 
O poema-discurso de Rui Barbosa, como Senador em 1914, apresentado a seguir, é uma grande lição, para refletir, para cada brasileiro que representa o povo em função pública, qualquer que seja ela.                    

SINTO VERGONHA DE MIM    

Sinto vergonha de mim
por ter sido educador de parte desse povo,        
por ter batalhado sempre pela justiça,
por compactuar com a honestidade,
por primar pela verdade
e por ver este povo já chamado varonil
enveredar pelo caminho da desonra.

Sinto vergonha de mim
por ter feito parte de uma era
que lutou pela democracia,
pela liberdade de ser
e ter que entregar aos meus filhos,
simples e abominavelmente,
a derrota das virtudes pelos vícios,
a ausência da sensatez
no julgamento da verdade,
a negligência com a família,
célula-mater da sociedade,
a demasiada preocupação
com o "eu" feliz a qualquer custo,
buscando a tal "felicidade"
em caminhos eivados de desrespeito
para com o seu próximo.

Tenho vergonha de mim
pela passividade em ouvir,
sem despejar meu verbo,
a tantas desculpas ditadas
pelo orgulho e vaidade,
a tanta falta de humildade
para reconhecer um erro cometido,
a tantos "floreios" para justificar
atos criminosos,
a tanta relutância
em esquecer a antiga posição
de sempre "contestar",
voltar atrás
e mudar o futuro.

Tenho vergonha de mim
pois faço parte de um povo que não reconheço,
enveredando por caminhos
que não quero percorrer...

Tenho vergonha da minha impotência,
da minha falta de garra,
das minhas desilusões
e do meu cansaço.

Não tenho para onde ir
pois amo este meu chão,
vibro ao ouvir meu Hino
e jamais usei a minha Bandeira
para enxugar o meu suor
ou enrolar  meu corpo
na pecaminosa manifestação de nacio
nalidade.

Ao lado da vergonha de mim,
tenho tanta pena de ti, povo brasileiro!

"De tanto ver triunfar as nulidades,
de tanto ver prosperar a desonra,
de tanto ver crescer a injustiça,
de tanto ver agigantarem-se os poderes
nas mãos dos maus,
o homem chega a desanimar da virtude,
a rir-se da honra,
a ter vergonha de ser honesto".

sábado, 8 de março de 2014

DIA INTERNACIONAL DA MULHER

Parabenizando minha amada filha e, especialmente a esposa querida, desejo que todas as mulheres se considerem homenageadas.
Pela maravilhosa mulher de Deus que existe dentro de você, esposa amada.
Só tenho motivos para agradecer toda esta felicidade
que tens me proporcionado, quanta compreensão.
Seu coração é um grande abrigo...
quanto carinho e dedicação se aloja neste âmago grandioso e admirável.
Mulher grau dez, é a nota de um professor a quem você faz sentir-se tão completo,
diante de tanta coragem, força e otimismo.
Faz de seus braços meu conforto, meu porto seguro,
minha certeza de ter encontrado o espelho que reflita a imagem da felicidade,
o sorriso da alma que é um louvor verdadeiramente realizado.
Meus cabelos quase brancos retratarão os melhores anos de minha vida.
Sou muito feliz com você, obrigado meu amor. Obrigado por Deus te fazer bela assim.
Parabéns pelo dia que compartilhamos o amparo do Senhor em nossas vidas.
Assim com Ele posso valorizar minhas humildes, mas verdadeiras palavras.
Amo você por tudo que você é e pela bonita filha que me destes.
 
Angelo
 

sábado, 1 de março de 2014

NESTES DIAS DE DESCANSO A ARMAÇÃO PARA MENSALEIROS PULAREM DE ALEGRIA

É isto mesmo, estamos vivendo o "carnaval" dos mensaleiros às custas dos "paus mandados" que compõe o SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL. Parece que estou exagerando e cometendo uma blasfêmia ou ofensa pessoal, mas é isto mesmo que diz o Presidente do STF no vídeo abaixo traduzido em português às claras. Acredito que ele esteve prestes a pedir demissão de seu já não tão honroso cargo. Houve um debate rasteiro na última reunião sobre coautoria e formação de quadrilha, que concluiu que políticos de costas largas e bolsos cheios não formam quadrilha. Assim os beneficiados podem colocar uma "fantasia" de honestos para "brincar" o carnaval. Deixou o STF, mais uma vez, de dar um exemplo de coerência anulando por 6X5 em uma única votação o que foi criteriosamente examinado meses a fio por eles mesmos e acompanhado por toda a sociedade com  aprovação. Os Drs. Luiz Roberto Barroso e Teori Zavasascki foram escolhidos "a dedo" para se juntarem aos outros "paus mandados". Parabéns à firmeza dos Ministros Luiz Fux, Gilmar Mendes e, como sempre, os melhores daquele Tribunal que são da família Mello- Marco Aurélio e Celso. Mais detalhes pelo vídeo abaixo, lembrando  a postagem que fiz em 31 de janeiro de 2013, que pode ser procurada neste mesmo Blog sobre o título: STF escolha de seus Ministros. Esta escolha tem que ser mudada e existem opções muito válidas que certamente evitariam que uma quadrilha como aquela virasse um mero "bloco de sujos":