terça-feira, 27 de março de 2012

A NATUREZA COMPROVA: A UNIÃO FAZ A FORÇA

Vemos no  pequeno vídeo abaixo, um exemplo da natureza nos mostrando a importância da união. Em termos espirituais, chamamos de COINOMIA a união ou a concordância em cumprir nossa missão neste mundo de mãos dadas, contando um com o outro pois ninguém é rigorosamente independente em nenhuma área da nossa vida. Somente por isto é importante congregar no sentido de "estimularmos ao amor e às boas obras" (Hebreus 10. 24,25) e orarmos juntos por causas pessoais e coletivas como a Palavra de Deus nos mostra em várias passagens, no sentido de aceitar as diferenças e valorizar as semelhanças. Então vejam o vídeo e aguardem em breve outro exemplo a respeito. 

 

terça-feira, 20 de março de 2012

O BURACO NEGRO - A AMBIÇÃO EM FICÇÃO

Não gosto de ficções, mas decedi abrir uma excessão neste caso tendo em vista que este vídeo abaixo está sendo anunciado como tendo uma lição de vida que é uma das motivações principais do nosso Blog. Julguem vocês se esta ficção traz algum princípio verdadeiro: 

video

terça-feira, 13 de março de 2012

O CRISTO FIXO E A VOZ DO POVO

Sob o título de CRISTO DESPEJADO, o jornalista da Folha de São Paulo, Hélio Schwarsman, um descendente de judeu que se considera “um bom ateu”, escreveu esta boa e bem escrita crônica, em 11 de março 2012, que vamos reproduzir abaixo e comentar (os parênteses foram por nós acrescentados):
“O assunto é menor, mas tem elevado valor simbólico. Nesta semana, a Justiça gaúcha determinou a retirada dos crucifixos de todas as suas dependências. Sou favorável à medida. Entendo, porém, que alguns cristãos se sintam frustados. Vou tentar mostrar que a laicidade do Estado interessa mais a eles do que a mim. (laicidade/laico são as coisas do mundo, seculares ao contrário do que é eclesiástico)
Um dos argumentos mais populares entre os defensores da permanência da cruz é o de que a maioria da população brasileira é cristã. Bem a maior parte dos brasileiros também é flamenguista ou corintiana. A ninguém, contudo, ocorreria ornar os tribunais com bandeiras e flâmulas desses clubes. Maiorias (a voz do povo) não bastam para definir a decoração de paredes públicas.
De resto, nem todos os cristãos são entusiastas do crucifixo. Algumas denominações protestantes o consideram um caso acabado de idolatria, pecado cuja prática meus ancentrais judeus costumavam punir com o apredejamento até a morte.
A vontade da maior parte dos cidadãos é, por certo, um elemento importante da democracia, mas não é absoluto nem incondicional. Um país só é democrático quando defende suas minorias da tirania das massas. E o direito de todos a espaços públicos livres de proselitismo religioso deveria ser autoevidente. Ao contrário do que muitos podem pensar, isso importa mais para o crente membro de grupos minoritários do que para ateus e agnósticos.
Nós que não acreditamos num ser superior (ateus) ou os que julgam ser essa uma questão indecidível (agnósticos), tendemos a considerar imagens religiosas como uma manifestação supersticiosa, uma excentricidade, no máximo. Já um judeu ou muçulmano praticantes podem ver na figura do Cristo crucificado um símbolo de opressão e morte. Não se pode dizer que não tenham razões históricas para pensar assim.
Exceto para os apreciadores de teocracias de partido único, a laicidade do Estado é a melhor garantia de liberdade religiosa”.

O primeiro comentário que desejamos fazer é de que, como cristão sem religião, somente não concordamos com um crucifixo porque ele representa, como a palavra está dizendo, um CRISTO FIXO NA CRUZ, quando cremos na vitória Dele, a partir da cruz do calvário, sobre a morte. Assim Ele ressussitou, está vivo e aquela forma de dizer isto, deve significar que temos um Cristo fixo em nossos corações. Quando ele comenta sobre a maioria que normalmente se denomina “a voz do povo” queremos deixar claro que ela não foi nem nunca será a VOZ DE DEUS, como exemplificado pela decisão do povo no julgamento de Jesus por Pilatos em favor de Barrabás.                                                                                                                                Por fim, o Estado não deve mesmo se envolver com a fé, no que ele chama de doutrina (proselitismo) religiosa, conforme foi meta cristã desde os tempos de Jesus que repudiou o uso da espada e nunca quis ser o salvador da pátria mas de almas perdidas. Seria bom que estes comentários chegassem ao jornalista Hélio para ele pensar a respeito deles, sem desrespeito por suas origens e opções.  
Prof. Angelo M. Moreira da Rocha

quinta-feira, 8 de março de 2012

HOMENAGEM À MULHER NO SEU DIA INTERNACIONAL

A origem do Dia Internacional da Mulher já está bem conhecido e divulgado até pelos provedores da internet, alem de ter sido explicado na homenagem do ano passado neste Blog.   
Vamos aproveitar para reiterar o que consideramos continuar sendo pouco praticado, alem dos quadrinhos oportunos e novas fotos da Dama do Blog (Secretária Executiva do nosso lar) e da nossa princesa. Demais conselhos sobre a dignidade de ser MULHER, obra prima da criação de Deus, pode ser encontrado na homenagem de 2011.
Primeiramente, quero lembrar as mulheres que elas não são melhores/maiores nem piores/menores que os homens. A mulher é DIFERENTE. Mas não se trata somente da diferença biológica (demonstrada com bom humor pelo quadrinho ao lado), mas de algumas características como a sensibilidade e emoção que predominam na mulher e a racionalidade e objetividade mais constantes nos homens.  Pesquisas que mencionamos ano passado demonstram a maior capacidade da mulher nos problemas sutis do relacionamento: 60% dos homens empreendedores têm problemas na área de Recursos Humanos (RH), enquanto só 35% das mulheres enfrentam dificuldades nesse setor, divulga o estudo feito por uma ONG internacional especializada. O que é uma constatação prática de que sensibilidade e emoção predominam na mulher e a racionalidade e objetividade são mais uma característica masculina. A mulher que entende isto não precisa desenvolver movimentos em sua defesa, apenas tentar reduzir, o que tem acontecido no correr do tempo, uma diferença social, quase sempre injustificável, das oportunidades de trabalho e suas remunerações. E o homem que vive afirmando seu machismo radical, faz parte de um grupo de seres humanos inseguros e incapazes de garantirem-se por seus próprios valores. Os frutos desta nova realidade pode-se notar pela participação constante da mulher nas diversas atividades da sociedade, como em esportes – futebol e corrida de automóvel - e na política em vários países – como temos a Presidenta do Brasil.
É importante lembrar que ambos dependem, precisam um do outro, para construir uma família com felicidade, se assim não fosse Deus não teria criado a Eva para a companhia de Adão. Desde então Deus estabeleceu o homem como chefe do lar e a mulher sua Secretária Executiva. Também o apóstolo Paulo, se assim não fosse, não teria orado em Efésios 3.14-17 desta maneira objetiva: “Por esta causa, me ponho de joelhos diante do Pai, de quem toma o nome toda família, tanto no céu como sobre a terra...”    
Concluindo, quero me dirigir a todas as mulheres, principalmente as casadas, para que tenham a consciência de que seu marido, amante, amigo e companheiro foi escolhido por Deus para formar contigo um cordão de três dobras, acrescido da parte mais importante que é Jesus Cristo. Desta forma vocês adquirem a certeza de que a união marido-esposa nunca irá se desfazer como acontece com o "nó de marinheiro", constituindo um testemunho para os seres humanos da possível e desejável comunhão entre homens e mulheres acima de qualquer forma de descriminação. E minha amada Secretária Executiva Laura aparece acima com nossa não menos amada Princesa Jaqueline.
Prof. Angelo M. Moreira da Rocha

sexta-feira, 2 de março de 2012

NOVA KARINHA DA FAMÍLIA TENDLER

Apesar desta postagem interessar somente a turma de Teresópolis, sentimos o dever de registrar pelas fotos abaixo  o nascimento da KAREN (24.02.12), filha de Rafael e Karla, que muito orgulharam o vovô e a vovó Rubinho e Dalva que chamamos de figurinhas marcadas deste Blog. PARABENS.
OBS: Só não acredito que venha a ser vascaina: