sábado, 11 de fevereiro de 2012

QUAIS SÃO AS OITO MAIORES RELIGIÕES EM SEGUIDORES?

Como na penúltima postagem coloquei minha postura sobre o cristianismo sem influências prejudiciais de doutrina religiosa, quero deixar mais claro agora que não estava desconhecendo as demais religiões. Assim vou apresentar abaixo as oito maiores em termos de números de seguidores, dentre as doutrinas espalhadas pelo mundo o que não é fácil saber ou lembrar. Utilizamos uma fonte conhecida e lembrada por um irmão, a Revista Superinteressante. Confira a lista em ordem decrescente que foi preparada com adaptações e comentários meus:

8. Espiritismo (aprox. 13 milhões de adeptos)

Espiritismo não é exatamente uma religião, mas o seu misticismo também entra na lista. A sobrevivência imediata do espírito após a morte e a reencarnação são as bases dessa doutrina, que surgiu na França e se expandiu pelo mundo a partir da publicação de O Livro dos Espíritos, de Allan Kardec (1857), à qual se acrescenta uma tendência de sincretismo (conjugação, mistura) com outras religiões. 


7. Judaísmo (aprox. 15 milhões de adeptos)

Atualmente, a maior parte dos judeus do mundo vive em Israel e nos Estados Unidos, para onde migraram fugindo da perseguição nazista. Mesmo assim, os judeus representam somente 1,7% da população norte-americana. Enquanto isso, na Argentina, nossos hermanos judeus são 2% da população. Difere-se do cristianismo pelo apego radical à tradição hebraica e a espera da vinda de um Messias que seria o seu cristo.

6. Sikhismo (aprox. 20 milhões de adeptos)

Embora pouco difundido, o Sikhismo é a sexta maior religião do mundo. A doutrina monoteísta foi fundada no século 16 por Guru Nanak e se baseia em seus ensinamentos. O sikhismo nasceu na província de Punjab, na Índia, e grande parte de seus seguidores ainda vivem na região. Eles representam 1,9% da população da Índia e 0,3% de Fiji.

5. Budismo (aprox. 376 milhões de adeptos)

A doutrina baseada nos ensinamentos de Siddharta Gautama, o Buda (600 a.C.), busca a realização plena da natureza humana. A existência é um ciclo contínuo de morte e renascimento, no qual vidas presentes e passadas estão interligadas. Como era de se esperar, essa religião oriental é a principal doutrina em vários países do sudeste asiático, como Camboja, Laos, Birmânia e Tailândia. É a segunda maior religião oriental: 71,4% da população é praticante.

 4. Religião tradicional chinesa (aprox. 400 milhões de adeptos)

“Religião tradicional chinesa” é um termo usado para descrever uma complexa interação entre as diferentes religiões e tradições filosóficas praticadas na China. Os adeptos da religião tradicional chinesa misturam credos e práticas de diferentes doutrinas – sincretismos - como o Confucionismo, o Taoísmo, o Budismo e outras religiões menores. Com mais de 400 milhões de praticantes, eles representam cerca de 6% da população mundial.


3. Hinduísmo (aprox. 900 milhões de adeptos)
Baseado nos textos Vedas, o hinduísmo abrange seitas e variações monoteístas e politeístas, sem um corpo único de doutrinas ou escrituras. Os hindus representam mais de 80% da população na Índia e no Nepal. Mesmo com tamanha variedade são apenas a terceira maior religião do mundo. Porém, ostentam um título mais original: o maior monumento religioso do planeta. Trata-se do templo Angkor Wat – depois convertido em mosteiro budista – que tem cerca de 40 quilômetros quadrados e foi construído no Camboja no século XII.

2. Islamismo (aprox. 1,6 bilhões de adeptos)

A medalha de prata na lista das religiões é dos muçulmanos. Segundo projeções, daqui vinte anos, eles serão mais de um quarto da população mundial. Se esse cenário se concretizar, o número de muçulmanos nos Estados Unidos vai mais do que dobrar e um quarto da população israelense será praticante do islamismo. Além disso, França e Bélgica se tornarão mais de 10% islâmicas. Não é fácil admitir isto e nós também temos restrições e até uma rejeição esperançosa a respeito, apesar de não desconhecer sua tendência de conjugar religião e Estado com fins de conquistar adeptos até mesmo por meio de meios bélicos.

1. Cristianismo (aprox. 2,2 bilhões de adeptos)

 


Mesmo com o crescimento de outras religiões, o cristianismo continua sendo a doutrina com mais adeptos no mundo todo. Porém, seus seguidores têm mudado de perfil. Há um século, dois terços dos cristãos viviam na Europa. Hoje, os europeus representam apenas um quarto dos cristãos. Mas, o interessante mesmo é apontar onde o cristianismo mais cresceu no último século: na África Subsaariana. De 1910 para cá, a população cristã da região saltou de 9 para 516 milhões de adeptos. Mas o país de maior proporção cristã continua sendo o Brasil. Aqui aproveitamos para ressaltar que, como vimos nas demais religiões, a organização do homem continua influenciando e estabelecendo os padrões da crença espiritual. Certamente por esta razão chegamos àquela conclusão que apresentei sobre a situação atual dos dois principais grupos religiosos cristãos no Brasil, apesar dos protestantes hoje já estarem se aproximando de uma proporção de divisão equilibrada com os católicos, mormente se só forem considerados os seguidores praticantes.

Fonte: Revista Superinteressante; Pew Research Forum on Religion & Public Life e The Association of Religion Data Archives.

Nenhum comentário:

Postar um comentário